Como Investir na Bolsa de Valores

Como Investir na Bolsa de Valores

Você sabe como investir na bolsa de valores? Neste artigo vamos resumir de uma maneira bem fácil de como investir na bolsa de valores. Se você sempre pensou que a bolsa de valores é um lugar para gênios financeiros ou milionários, saiba que você está muito enganado, e a bolsa não é só um lugar para homens… Muitas mulheres já participam, Já tomam as rédeas das finanças das suas próprias famílias, para aprenderem como investir no mercado de ações e fazer o dinheiro suado do seu marido ou dela mesmo quando ela trabalha, a trabalhar para si próprio, a trabalhar para a própria família.

A bolsa de valores remonta há muitos anos atrás, há séculos atrás desde 1487, na Bélgica a bolsa de valores já tomava forma. As pessoas já se reuniam para juntar o próprio dinheiro e aplicar em certos negócios, que organizado por outras pessoas, se tornariam em grandes empresas onde muitos investidores, participam e assim é até hoje, a forma mais tradicional, eficiente e segura
de investir o seu dinheiro.

As ações de uma empresa são uma pequena parte delas que qualquer pessoa pode comprar e que na maioria das vezes significam valores muito pequenos. Você pode começar a investir com quantias muito pequenas, diferente do que muita gente possa pensar. A bolsa de valores é onde são negociadas as ações dessas empresas, no Brasil ela se chama BM&F BOVESPA, e nós temos acesso a ela direto da sua própria casa, do seu computador, do seu home broker, igual o seu internet banking na corretora, você tem o home broker, que te dá acesso ao mercado da BOVESPA onde você compra e vende as suas ações.

Ao comprar a ação de uma empresa, você se torna sócio dela, e começa a ganhar os lucros do trabalho dessa empresa, proporcional ao investimento que você fez. Um excelente negócio, pois as empresas estão no mercado para crescer o quanto mais possível. A compra de uma ação na bolsa é feita através de uma corretora. As corretoras têm os home brokers e através do home broker você tem acesso às diversas empresas que oferecem as suas ações no mercado. Você já imaginou ser sócio da AMBEV, do banco Itaú ou do Bradesco? Como nós começamos a investir em ações?

O 1º passo é escolher uma corretora de valores independente. A única coisa que você tem que fazer é fornecer seu CPF, RG e seus dados pessoais e preencher um formulário, tudo via online.

2º passo: Você vai transferir o seu dinheiro para a corretora. Quando essa corretora não é independente e é ligada a um grande banco, um banco forte, essa transferência é feita automaticamente.

3º passo: Você vai escolher as ações das empresas que você quer comprar.

4º passo: Você vai comprar as ações da empresa que você escolheu fornecendo a sigla dela dentro do home broker,
informando o código dela, a quantidade e o valor da ação.

5º passo: A compra será executada quando um vendedor que tem aquela ação ou a própria empresa dona dela e ofereça a ação que você está interessado.

6º passo: a corretora vai creditar na sua conta o valor correspondente a ação que você comprou.

Quais os custos para se comprar a ação de uma empresa? São três as taxas correspondentes a aquisição da ação de uma empresa: a
corretagem feita na hora da compra, os emolumentos, e a custódia… uma taxa cobrada pela corretora para guardar a sua ação e efetuar todo esse processo online.

Quanto custa essa operação? Menos do que você paga pelos serviços da sua conta bancária. Sempre compensa as taxas, os emolumentos e a custódia, face ao que você tem a ganhar em bolsa de valores. Mesmo que você esteja no começo dos seus investimentos, investindo pequenas quantias, ainda assim, você vai ganhar muito mais, mesmo pagando as taxas, vai ganhar muito mais do que se aplicasse seu dinheiro em qualquer tipo de aplicação bancária.

Quais os prós e os contras de se investir no mercado de ações? Vamos começar com os contras: você está exposto a um maior risco em relação a aplicações bancárias de renda fixa.
Porém, para isso existem soluções, quando você diversifica a sua carteira de ações em várias empresas, você dilui os riscos de ter algum problema eventualmente com uma delas. Sabendo e conhecendo as empresas certas a se investir, dificilmente você terá um problema como esse. Em momentos ruins da economia, o preço das suas ações pode cair mesmo que seja uma
empresa boa. Mas esses momentos são excelentes oportunidades de se adquirir uma quantidade maior dessas ações de uma empresa boa.

Como escolher a corretora ideal para você operar na bolsa de valores? Você pode pesquisar no próprio site da BOVESPA, pode catalogar elas em relação às taxas que elas cobram, ou mesmo
procurar saber sobre a reputação dessas corretoras no mercado através da internet, em bons cursos sobre investimento em bolsa de valores.

Como você escolhe as ações que você quer investir? Quais são as boas empresas para investir o seu dinheiro na bolsa de valores?

O mercado financeiro dispõe de fontes de informações confiáveis para que você escolha as suas ações. Não são em meios de comunicação como jornais, revistas, cadernos de economia e finanças que você vai encontrar as dicas certas para se investir. Esses espaços são espaços publicitários, pagos por muitas empresas para que se fale bem delas. Através de cursos, você será informado de quais são as fontes de informações seguras para se investir.

Você precisa monitorar o desempenho delas pelo menos de três em três meses e ter uma estratégia bem definida de enriquecimento em bolsa de valores e que você siga ela até o final. Você sabia que 77% dos investidores em bolsa são homens? Você sabia que enquanto nos EUA metade da população, praticamente 150 milhões de pessoas, investem na
bolsa de valores, no Brasil pouco mais de apenas 500 mil pessoas?

Você sabia também que 70% dessas pessoas que investem na bolsa de valores são dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro ou Minas Gerais? Pois é isso aí, se gostou do artigo, compartilhe ele com seus amigos e ajude eles a conquistarem sua independência financeira também. 😉👍

Veja Também:

 

You May Also Like